Nova canção ...

quinta-feira, setembro 05, 2013


Era fim de tarde quando senti uma brisa diferente passando por meus cabelos.

 Foi um toque suave, gentil como de uma criança. 

Devagar assobiava e junto com um perfume, um inconfundível, mas desconhecido perfume,  se espalhava na varanda.

 Fechei os olhos e me vi levantar, vida despertou em mim, então uma nova canção saiu de meus lábios e pude bailar e saltar.

Alegria exalava, liberdade ecoava, no início não entendi essa vontade incontrolável ...

 Pulava, gritava: Liberdade, liberdade sem medo abundante liberdade!

Depois com um despertar, pude entender: Por onde esta doce brisa passa, o amor se torna Vida, a vida transborda Liberdade e Ele habita no coração disposto, trazendo sempre uma Nova canção.




Espirito Santo, sinta-se a vontade.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Twitter

Pinterest