Expresso, um.

quarta-feira, janeiro 20, 2016

 "ESTOU DE VOLTA"


Bem, talvez essa frase soe com certa familiaridade. Isto é embaraçoso. Ou não. Estar de volta é interessante e "assustador", sim porque, não se sabe o que pode encontrar após alguns anos. "Cada cabeça é um mundo" (diz minha mãe). Espero ter deixado tudo bem.

 Sumir as vezes é necessário, porque em uma dessas você pode acabar perdendo algo, isso não parece bom, mas em muitas dessas você acaba valorizando coisas que você não considerava tão importantes ou achava que estava pronta. Daí você entende que não está pronta, mas sim em "formação" em todos os "setores" da vida. O sumiço às vezes é necessário, porque em uma dessas, você pode acabar ganhando algo. Digo por novas experiências, largar alguns hábitos antigos que quando você olha pra trás percebe que não te ajudava muito, ou em nada. E acaba por conclui que: Nunca esteve pronta, mas sim em tal processo de "formação" que dói, alivia, faz chorar, sorrir... Viver! Entendeu?

Estou de volta! EEH! 
Talvez não pra ficar, mas pra durar. Durar o tempo que for necessário. O tempo que tenha a oportunidade de acrescentar a qualquer pessoa que seja, e isso me inclui. Porque daqui aos 30 anos espero continuar em formação. Uma boa, dolorosa e otimista formação. Que me faça aprender, ensinar, amar, ganhar ou perder. Sempre acompanhada de minha equipe: Pai, Filho e Espírito Santo. E assim é... "vida que segue". VIDA!


O texto acima parece depressivo não é? mas não. É apenas o pontapé de um novo (re)começo.



You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Twitter

Pinterest