Expresso, três- CACHEADA SIM!

terça-feira, junho 28, 2016



Um dia, há muito tempo, me disseram: " Se arruma! Usa salto, passa batom e alisa este cabelo. Se arruma, vira "mulherzinha" ". Está bem, pode deixar! Salto? ok. Batom? ok. cabelo liso? ok, ok e ok!
De entortar o pé algumas vezes, passar horas "esticando" o cabelo era pra lá de torturante, Sair sem o cabelo totalmente alisado? JAMAIS. Chuva: socorro. Piscina: um sacrilégio. As pessoas me virem " desarrumada" era o cúmulo. 
Mas quem inventou que somente cabelo alisado "arruma" alguém?
O problema é que não me perguntei,em muitos momentos, o que queria.Mas se a maioria do "lado da beleza impecável" dizia que assim estava bom, então assim estava bom. Parece ser algo muito bobo, "fútil", talvez seja, mas essa "futilidade" pode devolver ou apresentar uma personalidade a alguém.
Outro problema é que enquadrar pessoas em padrões é no mínimo cansativo. Parto da ideia de que: use liso ou cacheado. Use salto ou chinelo. Boca limpa ou vermelha, sinta-se bem, seja você, viva de verdade. Tu é linda, menina, lisa ou cacheada.
 Conto a vocês essa breve história:
Uma garota, um dia se olhou no espelho estupefata de passar duas horas  alisando um cabelo em boa quantidade e no tamanho da cintura, diga-se de passagem, e decidiu parar de querer agradar os outros e/ou menino que gostava e dar mais valor a si mesma. Gostar de si, de seu cabelo, seu corpo, sua maneira de ser. Desde aquele dia de decisão,em algo considerado bobo por muitos, ela reencontrou a força que tinha e assumiu sua personalidade, escolhas e cabelo. 
CACHEADA SIM!
Talvez, aceitar seu próprio cabelo não seja algo que venha fazer outra pessoa reencontrar/encontrar a sua identidade, mas tenho certeza que quando essa pessoa se olhar  no espelho, e resolver não aceitar mais que os outros ditem como ela deve ser e a partir disso se firmar em uma decisão, tudo pode mudar. Quando essa pessoa aceitar que ela é única, diferente, preciosa nas mãos d'Aquele que tudo criou, um novo horizonte irá se abrir diante de seus olhos. E não estou falando de vaidades, mas sim de liberdade de vida, paz interior. Estou falando de permitir ser a maravilha que é e o valor grandioso que tem.

You Might Also Like

2 comentários

  1. Muito boa a postagem! O mais importante é ser feliz, e não agradar aos outros com sua aparência. Muitas palmas!

    ResponderExcluir

Popular Posts

Twitter

Pinterest