Expresso, quatro- EQUILÍBRIO

segunda-feira, julho 25, 2016

   


 Foto: reprodução/Tumblr  
Nem sempre conseguimos "acompanhar a vida", Ela sempre está na correria e a gente atrás, contra o tempo, tentando organizar tudo, deixando o máximo que podemos nos conformes. 
O que percebo com o passar dos dias é que muitas e muitas vezes nós nos sobrecarregamos com várias ocupações e exigimos de nós resultados eficazes e rápidos e deixamos passar coisas mais valiosas e/ou até simples em que deveríamos prestar bem atenção. Sei lá, um abraço na sua mãe, um carinho no seu esposo/namorado, atenção a um amigo ... esse tipo de coisa. Fico pensando se a correria diária vale mesmo a pena. A troco de quê, perder um bom abraço e momento de descontração com a família ou amigos? dinheiro? sucesso? Será que pra ter isso é preciso esquecer de tudo que está em volta? Acredito que não.

Entendo que quem se isola nesse comportamento vive em uma prisão, vulnerável a definhar a qualquer frustração que a vida proporcionar. Digo dessa maneira porque o nosso mecanismo de defesa contra isso são justamente as pessoas, boas, e que amamos, que nos rodeiam. Aquelas em que podemos contar, abraçar, gargalhar. A família, quando é aquela que chega junto em tudo. Vale muito mais construir sentimentos verdadeiros do que arranha céus de sucesso e riqueza que a qualquer deslize pode desmoronar.


 Mas uma semana iniciando e com ela mais uma oportunidade de ter atitudes diferentes. De olhar com carinho a pessoa que divide o mesmo teto, olhar com compaixão pra aquele que não está tão próximo, envolver nos braços o (a) companheiro (a), gargalhar bem alto com coisas simples, enxergar na natureza a beleza que nos convida a apreciar. Fechar os olhos, sentir o vento e perceber que O Criador está e sempre esteve ali, bem perto, cuidando de tudo. Aí a gente percebe que não precisa desesperar, há tempo para um precioso momento pra nós e as pessoas ao nosso redor e que toda a correria e estresse da vida começam a diminuir o ritmo mesmo que sem parar as ocupações.
Basta que possamos encontrar um equilíbrio e nos dar a chance de "viver a rotina" de uma maneira "dinâmica". 
                              É possível? Vamos tentar?

Teremos uma ótima semana.
Beijo, beijo :*




You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Twitter

Pinterest